sexta-feira, 8 de julho de 2011

Morte de Angélico Vieira


(Angélico com a ex-namorada Rita Pereira)



O actor, modelo e cantor Angélico Vieira morreu no passado dia 28 de Junho no Porto em consequência dum acidente na auto-estrada A1 perto de Estarreja.
Ia acompanhado de três pessoas. Na sequência do acidente, um deles foi projectado da viatura, atropelado por um veículo que seguia na rectaguarda e morreu. Chamava-se Hélio Filipe.
Outro ocupante era uma menor, Armanda, que foi transportada para o Hospital de Santo António, no Porto, em estado muito grave.
Outro ocupante ficou ferido ligeiramente.
O cantor conduzia um BMW 635, emprestado, que não possuía seguro.
Pelo que li, a causa do acidente foi o excesso de velocidade.
E também li que um passageiro contou que um pneu rebentou, mas existe um relatório que nega.

O óbito do actor foi declarado no dia 28, às 23h 40 minutos, tendo o acidente acontecido no dia 25 de Junho.
Durante estes três dias os fãs do cantor ficaram à porta do Hospital para lhe darem apoio.
Este apoio foi em vão porque o traumatismo crâniano que o actor sofreu não o deixou sobreviver.
Sandro Milton Vieira Angélico, de nome verdadeiro, não sobreviveu a um traumatismo craneano,tendo morrido aos 28 anos.

Eu não fiquei com muita pena como amigas minhas ficaram. Eu não era fã dele. Fiquei com um pouco triste.
Só gostava de algumas músicas dele. Não foi nenhuma grande perda musical.
Os D'ZRT, uma banda de que ele fazia parte, não era nenhuma banda de grande valor musical. Mas o cantor estava agora a gravar um disco, no qual tem uma música que eu gosto " When I fall in love" e enquadrado nos padrões de agora - é uma boa música.

Aos 21 anos trabalhou como modelo para a agência DXL Models. Frequentou o curso de Gestão de Empresas e estava no 3º ano quando surgiu a oportunidade de trabalhar para a televisão.
Trabalhou nos Morangos com Açúcar (uma novela da TVI) em que fez a personagem David Barros, na novela brasileira Dance Dance Dance , em que fez de Bruno Medeiros , na Doce Fugitiva (outra novela da TVI) fez dele próprio , Feitiço de Amor (outra novela) desempenhou o papel de Leonardo, e o seu último trabalho como actor foi em Espírito Indomável em que fez de Simão Teixeira. Participou num filme 2013 Purgatório, e também deu a voz no filme A Princesa e o Sapo à personagem Na Veen.
Na sua carreira musical editou um cd quando ainda estava na banda D'ZRT que nasceu na série Morangos Com Açúcar. Daí se tirou para o mundo musical a conhecida música "Para mim tanto me faz".
Depois os D'ZRT acabaram e Angélico apostou numa carreira a solo com o albúm intitulado com o seu nome Angélico. As músicas que foram lançadas para o mundo da música foram "Namorada" , "Bailarina" e "Gostasses de mim". Também tem uma música com o grupo feminimo Just Girls, também formada na série Morangos Com Açúcar. Cantou com elas "Cansei".
Depois do grupo feminimo ter acabado, cantou uma música com um membro da banda, Diana Monteiro, e o nome da música é "Casa dos Segredos". Agora tinha uma nova música que saiu novo ano passado (2010) que gravou com os DJ's Mastiksoul e Dada, o "When I fall in love".

Na vida pessoal teve uma relação muito falada que durou 4 ou 5 anos com a actriz Rita Pereira que o considera O Homem da sua vida.
Anita Costa foi apontada com a sua última namorada, que esteve sempre à porta do Hospital.
Os amigos e os que trabalhavam com ele recordavam-no como "sempre bem disposto, e uma boa pessoa". A actriz Mafalda Teixeira (que trabalhou com ele em Espírito Indomável) diz que ficou com pena do que sucedeu ao modelo e diz que se lembra que ele andava sempre a cantar e a dançar nos estúdios.
Media um 1,88 (salvo erro).

Agora, digo como os outros dizem.
Adeus Angélico.
Até sempre.