segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Causas do insucesso escolar


Escrevo isto aqui, é que não mais nem menos, a minha opinião, das causas que levam a este fenómeno acontecer. Os maus resultados dos alunos portugueses e não só.
Falo da minha experiência, sou aluna e ainda o serei alguns anos.
A causas que eu vejo, e que são as minhas para ter maus resultados, são que por vezes as aulas não são dadas duma maneira interessante, e mesmo se forem, se for algo relacionado com "escola" ninguém quer saber. Não interessa quadros interactivos, PowerPoint's no mail, grupos no facebook, smartphones com matéria...
Fui para o Secundário para Humanidades, uma área que me diz qualquer coisa, livrei-me das Fisico-Químicas e das Ciências imbirrantes, pensava que ia ter melhores resultados por estudar algo que gostasse mais, que tivesse algo mais haver comigo.
Nada disso, não gosto de nenhuma disciplina a não ser Educação Física, que por vezes também não gosto.
Nas disciplinas que tenho actualmente, tem matérias que não me DIZEM NADA, e quando digo "nada" é NADA MESMO.
E logo, se 99 % das matérias não dizem nada aos alunos e não gostamos delas, é normal que não as queiramos decorar, e fazer exercícios sobre elas. É como se obrigasse a uma pessoa que gosta de moda, e odeia carros, ouvir coisas sobre carros, fazer exercícios sobre, e decorar coisas sobre! Isto é ridículo! Na minha opinião, claro está.
Sei que devemos ir à escola, pois é necessário de ter uma sociedade inteligente, que saiba reflectir, e andar com a Economia etc. Mas pondo matérias em que os alunos não gostam, nada se faz.
Oiço, lá de vez em quando, vários colegas meus dizerem: Ah, gosto desta matéria. E quando gostam, estão com mais atenção nas aulas, participam mais, logo melhores resultados.
Depois, é acordarmos cedo, irmos cheios de sono, para uma sala, ficarmos fechados (esse não é o meu problema tenho aulas só de 50 minutos o que é ÓPTIMO), ouvir coisas aborrecidas, enfadonhas, não podemos falar, fazer quase nada...
Depois, gostamos de fazer outras coisas, não preciso de enumerar, toda a gente sabe, e o que queremos fazer não é ficar sentados numa sala calados a ouvir matéria secante.
O que eu penso que se deve fazer é rever as matérias que são dadas aos alunos, matérias mais interessantes, pois esse é nem mais nem menos o "Grande Problema".